Alguns Comentários IV


Olá Irmãs e Irmãos!

Eu não tenho pensamentos neutros.

Pela manhã, logo após fazer o exercício mentalizei assim:
Como meus pensamentos não são neutros, eles terão consequência em algum nível.
Eles podem reforçar alguma idéia amorosa ou uma idéia de medo.
Sendo assim, eu aceito que a minha mente e todos os meus pensamentos
sejam guiados pelo Espírito Santo!....assim só pode dar certo.

Uma situação de conflito que eu não estava vendo como resolver com
um dos meus vizinhos, hoje perto do meio dia, de repente, surgiu uma nova alternativa
com a qual todos concordaram e ficou tudo resolvido.

Gratidão a todos vocês e que o Espírito Santo provenha todos milagres de que necessitam!
Paz e Alegria
Reny

Sabe oque aconteceu destes exercicios de ontem e hoje... é que comecei a ter insights, ou melhor, flash back mesmo de coisas que se relacionavam com os objetos em questão ha tanto tempo... fiquei abismada ao olhar determinado objeto e me ver observando-o pela primeira vez quando era ainda muito pequena.... detalhes, coisas vividas através de.... uma viagem....
Como sempre, nem vou mais elogiar os textos do São Jorge.. to ficando muito repetitiva...:))))))))))))
Luz pra todos...
Maria

COMENTÁRIOS DO 19.o EXERCÍCIO POR ENEIDE

Estamos todos interligados, por isso, o " meu " pensamento poderá ser o "seu " pensamento percebido por mim.

O acesso aos Arquivos Cósmicos (Arquivos Acasticos) são um exemplo desta possibilidade demonstrando que a Mente está em tudo e é atemporal em relação ao tempo terrestre.

O que diferencia estas interligações é a SINTONIA. Somos como se fossemos um rádio.... que de acordo com o padrão vibratório de nossos pensamentos somos capazes de captar a mesma freqüência de pensamentos/idéias e emoções....

CONCLUSÃO: " As idéias relacionadas com o modo de pensar precedem aquelas relacionadas com a percepção e vice-versa."

" As mentes são unidas."

PAZ PROFUNDA

Eneide


COMENTÁRIOS DO 23.0 EXERCICIO POR ENEIDE

É possível mudar o modo de ver – de perceber – as coisas ao nosso redor principalmente quando são visto e compreendidos por nós como forma de pensamentos de ataque.

" Cada pensamento que tens constitui algum segmento do mundo que vês."

PAZ PROFUNDA!

Eneide


COMENTÁRIOS DO 22.0 EXERCÍCIO POR ENEIDE

            Quando se tem a disposição mental para ver ao seu redor as coisas negativas, a pessoa só consegue ver o negativo e assim se mantem em estado de ataque o tempo todo.

Por exemplo: quando alguém nutre em  seu pensar/ sentir/ falar e agir um sentimento de RAIVA tudo ao seu redor será percebido da mesma maneira.... ou seja.... tudo e todos são raiva ou estão com raiva....

OUTRO EXEMPLO LEGAL....

Voce já observou um casal de enamorados..... tudo é cor de rosa.... os antigos até diziam...

Olha... ele/ela colocaram os "óculos cor de rosa" tudo para eles é perfeito.... é maravilhoso! Por que isso, ora por que a pessoa está envolvida em tal energia amorosa que tudo envolta se transforma na mesma percepção amorosa....

MAS VALE A PENA LEMBRARMOS que o IDEAL É O EQUILÍBRIO....e não nos extremos!

PAZ PROFUNDA!

Eneide


COMENTÁRIOS DO 24.0 EXERCÍCIO POR ENEIDE

Tendo consciência que as situações que são percebidas por você.
Que você não percebe os seus maiores interesses.
Que você poderá mudar de atitude, se assim o desejar, e poderá abrir a sua mente para o que é real.

Um depoimento pessoal:

É interessante que com a aplicação do exercício de hoje, como para uma única situação que me preocupa quantas prováveis soluções foram apresentadas em minha mente... e a medida que analiso as prováveis soluções para a situação/problema, escolhido por mim, mais exigente eu me torno comigo mesma e com as pessoas envolvidas!

No fundo Eu queria que todas as resoluções que vieram em minha mente fossem atendidas, para resolver a situação/problema ou seja, que todas as metas para a resolução da situação/problema fossem atendidas, mas somente uma será a resposta e quando acontecer... eu acabo achando que deveria ter outro desfecho.... aí eu me decepciono.

É por isso que é necessário treinamento mental para que no futuro para cada situação/problema que apareça em meu dia-a-dia eu tenha condição de perceber o meu maior interesse e assim ter uma atitude mental única.

PAZ PROFUNDA!

Eneide


Nunca, até antes dessa semana, eu havia pensado em pensamentos como coisas. Acreditava que eram parte de mim, eu mesma.

Até que essa semana, com o correr dos exercícios, vi os pensamentos como coisas, como dores, como substratos de minha falta de vigilância sobre tentar ser o melhor de mim.

Analisar a série absurda de pensamentos - e a qualidade deles - que iam e vinham desordenadamente durante o transcorrer dos dias foi tarefa hercúlea, principalmente porque nesse exercício não pude privar-me dos pensamentos realmente necessários relacionados a trabalho e vida pessoal, pois a vida secular ainda não me deu férias.

A análise permitiu a percepção sobre o quanto de mim atua, sem que eu mesma perceba, como uma subvocalização eternamente (?) presente e imperceptível (até então), sem que disso eu tenha consciência. Essa minha sutil atuação é responsável pela criação de fantasmas e pela modificação do mundo ao meu redor, fazendo com que eu entenda o porquê de nossa conexão e o porquê de nos revoltarmos contra os frutos dessa conexão. Exemplo: penso mal a respeito de uma pessoa/coisa/situação. Essa pessoa/coisa/situação recebe esse impacto de meu mal pensar. E daí, começa a agir contra esse meu mal pensar. E começo a dizer que essa pessoa/coisa/situação não é afim a mim, sem dar-me conta de que eu é que não sou afim dela, pois é o meu mal pensar que a indispôs contra mim. Então, luto contra mim mesma, pensando que estou lutando contra ela. Belo Don Quixote em sua luta infrutífera contra moinhos de vento!

E é necessário CORAJEM para nos transmutarmos, para nos negarmos nesse processo. Sim, nos negarmos, pois não somos nós que estamos atuando de forma direta, mas esse monte de pensamentos ensandecidos que se amotinam na casa de nossa mente, saqueando armários, pilhando cômodos, intitulando-se chefes.

E na sexta-feira, como uma conclusão, uma chave de ouro a fechar o processo incitado durante o início da semana, o exercício diz ESCOLHA.

E aí, sim, começa a subida pelo monte de pedras, pois escolher está relacionado com responsabilidade, a mesma responsabilidade a que a CORAJEM havia nos mostrado no início do processo. Essas duas palavras, aliadas => CORAJEM para a ESCOLHA, estão lançadas. Escolher o que quer ver, escolher o que quer pensar, escolher o que quer fazer, escolher o que quer continuar.

E através desse caminho, a LIBERDADE nos alcança, a RESPONSABILIDADE nos apresenta, como uma paraninfa, ao público de nós mesmos. Público singular. Público calcado em doçura e equilíbrio.

Sim, vale a pena cada dia, como um descortinar para um mundo novo. Repleto de promessas. Repleto de Milagres.

Então, milagres é o que continuo oferecendo.

Luciene


Eu não estou sozinho ao experimentar os efeitos dos meus pensamentos (Lição 19)

Sim, somos unidos.

Não no exterior. Nosso corpo é uma dimensão muito superficial de nosso ser.

Nem mesmo na dimensão interior. Aqui olhamos para o passado. E erramos feio, porque nem existe mais. O fazemos influenciados por cargas emocionais de ressentimentos e outras cargas negativas, muitas vezes. O passado nunca é visto como realmente aconteceu. É reconstruído. Que seja reconstruído de forma produtiva pelo menos, se não nem vale a pena olhar para trás.

Olhamos para o futuro e erramos feio novamente. Geramos ansiedade na maior parte das vezes.

Somos unidos é na dimensão profundidade. A dimensão subestimada e geralmente esquecida.

É ali, no fundo de nosso ser que a nossa vã filosofia deixa muito a desejar. A mente humana possui fenômenos que ultrapassam os limites das leis da física. E a explicação está lá em nosso centro, onde não conseguimos enxergar com a visão comum.

É ali, no fundo que os grandes mecanismo da inteligência devem ser aplicado para uma maior paz e harmonia interior. Mecanismos estes, que temos a tarefa de desenvolver. E a determinação de ver é um deles.

Há o momento de pedir e há o momento de determinar.

Perdoemos nossos erros e estendamos este perdão a todos, porque fazemos os mesmos erros. Não estamos sozinhos neste barco da vida.

Olhemos para nosso centro e estejamos determinados a ver com bons olhos. A disciplina interior é fundamental.

Somos diferentes na superfície. Na profundidade é tudo universalmente a mesma coisa.

Um abraço do fundo do coração.

Julio


COMENTÁRIOS DO 17.0 EXERCÍCIO POR ENEIDE

O pensamento é a primeira identificação que você faz das coisas ao seu redor, em seu mundo.

Saber identificar, em você, que é você que usa o seu juízo de valor para classificar tudo o que vê.... perceberá que não está tendo pensamentos neutros.... mas pensamentos da sua forma.... o seu modelo de crenças e valores.

Conclusão deste exercício: É percebemos que temos a tendência de pensarmos tudo na dualidade.... e usando a lei da dualidade obrigatoriamente usamos os nossos juízos de valores ligados ao Ego e esta forma do pensar não é neutro.

PAZ PROFUNDA,

Eneide


COMENTÁRIOS DO 21.0 EXERCÍCIO POR ENEIDE

O despertar ou ao identificar um conflito interior pode levar a uma reação de irritação não confortável para você.

Quando você percebe que o fato ligado a uma pessoa te aborrece na verdade há uma intensa fúria que precisa ser ressignificada e transmutada...

PAZ PROFUNDA!

Eneide


Acima de tudo eu quero ver de maneira diferente.
Um amigo entrou na livraria onde trabalho, onde também tem cds, e depois de passar algum tempo escolhendo, veio com um cd, disposto a comprar.
Após verificar o preço do cd importado, achou caro e pediu para copiar o título e autor para procurar na internet, onde disse não precisaria pagar.
Argumentei que o valor eera constituído dos direitos autorais, de edição pertencentes a gravadora, do frete internacional, dos impostos e taxas, e do lucro de quem compra para revender.
Respondeu: Mas porque eu veria desta forma, se todo mundo copia?
Porque você, eu sei o que quer. Sei que está buscando a evolução, e um modo correto de ver as coisas.
Então, mesmo que todo omundo veja assim, 'veja de forma diferente'.
Se conseguires ver de forma diferente este único aspecto, olhando com amor e gratidão todas as pessoas que prestaram um serviço para lhe proporcionar a música que queres ouvir, podes aprender o verdadeiro significado da música.
Podes estender esta compreensão verdadeira a tudo o que existe, e compartilhar delas com todo o universo.E todo o universo compartilhará tudo contigo.
E indiquei este exercício:
Acima de tudo eu quero ver de modo diferente.
Bênçãos de luz
Jorge

É assim mesmo.
Mas isto não precisa ser assim.
Quando eu quero a cura, na inversa proporção devo entregar a doença.
Todos estes desconfortos, o exercício não gera.
O exercício apenas mostra abrindo uma janelinha, o que dentro de você continha.
Todo exercício é para aprendermos ou percebermos algo ou alguma coisa.
Então vai puxar conteúdos as vezes escondidos para fora, causando um esvaziamento exatamente, do que tinha lá dentro.
O que esta sentindo sair, está deixando você vazia disto.
Vai esvaziar o cansaço, a moleza, a irritação, a raiva, o medo, e quando tiver vazio é só deixar encher de amor, alegria, e criatividade.
A taça cheia derrama seu conteúdo.
Vá em frente esvaziando de tudo e enchendo de amor, e quando estiver bem cheia você pode me chamar. Vou sentar do seu ladinho, e esperar derramar.
Bênçãos de luz
Jorge

O exercício de hoje, dia 24,trouxe uma nova percepção.
A de que não stou mesmo percebendo corretamente, o que estou fazendo.
Espiando o conteúdo da mente sob a luz desta indução que nos leva o exercício, me dou conta de que o exame da consciência é muito importante.
Mostra o seu conteúdo.
Meus pensamentos estão tão fora que não tenho consciência dos meus conteúdos.
O exercício está trazendo conteúdo da mente ao nível consciente.
É como uma linda casa apenas vista de fora com as janelas fechadas.
É como uma casa grande com 365 janelas.
Uma para cada dia.
Cada exercício vai abrir uma janela.
E mostrar um conteúdo.
Abre a tua janela, e espia para dentro.
Agora Expia prá fora, junto ao Espírito Santo, limpando com o perdão.
Tendo esta compreensão, persiste nos exercícios.
Se escolheu como caminho, o livro UM CURSO EM MILAGRES, aprenda a persistência, podes andar no teu ritmo, mas persista e vai andando.
No caminho vamos juntos.
Quem mais na frente puxando.
Quem mais no fim, empurrando.
Todos formando o caminho
Onde todos vão andando.
A cada passo mais paz.
Passo a passo num compasso
onde o amor vai crescendo.
Mais forte a cada abraço.
E o céu se aproximando.
A cada janela aberta
é mais céu que vai entrando.
é mais luz que vai clareando
e a Expiação vai limpando
e, mais limpo, mais brilhando
e bem mais gente chegando.
e quanto mais gente tem
mais amor temos também.
Bênçãos de luz
Jorge

As aventuras de um aprendiz no supermercado.

Estando no supermercado, fomos atropelados por duas pessoas que passaram abruptamente a nossa frente.
A pessoa que estava atrás de nós disse: vocês vão aceitar isto?
-Há uma forma diferente de ver isto.
-Seria fazer de conta que não enxergou?
-Seria enxergar com amor.
-Mas eu estou com pressa!
-Eles devem estar com mais pressa, mas o mundo é redondo e não vamos a lugar nenhum andando na horizontal.
-Como assim?
-Em uma existência, caminhamos o equivalente a dar quatro voltas ao redor do mundo. Se andarmos mais depressa talvez demos umas cinco.
Mas para que serve isto?
Então, acima de tudo podemos ver de modo diferente.
Então escolho ver com amor.
Bênçãos de luz.
Jorge

COMENTÁRIO DO 28.0 EXERCÍCIO POR ENEIDE

Uma das primeiras atitudes para que haja mudança interior em voce é a sua disposição para mudar reforçado pelo COMPROMISSO ASSUMIDO POR VOCE DE MANEIRA BASTANTE DEFINIDA.

"Se estas pelo menos disposto a assumir, compromissos definidos, já estas no caminho de mante-los."

"Quando tiveres visto uma coisa de modo diferente. A LUZ que veras em qualquer uma É A MESMA LUZ QUE VERAS EM TODAS."

Quando neutralizamos os nossos juizos de valores estamos querendo/desejando ver tudo ao nosso redor de maneira diferente. Já fizemos em exercícios anteriores exercícios onde foi trabalhado o nosso juízo de valor e esclarecido que o mesmo tem como origem o Ego e que o EGO É ILUSÓRIO/IRREAL.

Ao fazer isso, dará a oportunidade para que a sua mente seja aberta para as coisas que estão ao seu redor tenham o seu verdadeiro valor mostrando o que elas são e para que servem.

"Escondido atrás de todas as tuas idéias sobre a mesa, está o seu real propósito, o propósito que ela compartilha com todo o universo."

PAZ PROFUNDA!

Eneide


Aconteceu algo bastante diferente comigo. Ao chegar na 20ª lição, senti q era uma afirmação forte para o meu momento: "Estou determinada a ver". Senti o desejo de repeti-la por dias, mas decedi prosseguir com o tempo definido pelo Um Curso em Milagres .

Como tenho os exercícios em arquivo, estou imprimindo-os em série. De repente, comecei a sentir uma certa dificuldade em continuar os exercícios. Sentia-me cansada e, por várias vezes, caía num sono profundo. Mas não desisti e continuei.

A minha surpresa aconteceu na última sexta-feira. Eu, inconscientemente, imprimi pela segunda vez todas as lições de 13 a 21. Estava repetindo-as sem querer. Só me dei conta disso no último dia (achei sinceramente que os exercícios estavam se repetindo).

Primeiro fiquei sem saber se devia continuar ou não. Era uma resistência? Decidi, então, continuar os exercícios. Voltei ao meu ritmo inicial (sem sono). Sou do primeiro grupo, mas agora creio q fiquei só nesta caminhada.

Gostaria de saber dos mais experientes o que acham disto. Repetir os exercícios foi uma decisão do meu ego? Ou do meu Eu Superior?

Namastê

Angélica

COMENTÁRIOS DO 30.0 EXERCÍCIO POR ENEIDE

O objetivo de hoje , usando a técnica de projeção, é de "ver no mundo o que está em nossas mentes e que queremos reconhecer lá está."

"A visão real é ilimitada pelo espaço e pela distancia como também independe totalmente dos olhos do corpo. A mente é a única fonte."

Eneide


Eu não sou vítima do mundo que vejo (Lição 31)

Às vezes temos a tendência de nos colocar como inocentes, com a culpa pelo lado de fora. Queremos comprar a inocência a qualquer preço.

Mas este é o teu filme, Você é o autor do que está acontecendo.

Escreves o roteiro. Selecionas os personagens da tua viagem. Escolhes os atores que vão participar da filmagem. E tu também te coloca como espectador do lado de fora e diz se está bom ou se está ruim.

Eu não sou vítima do mundo que vejo.

Mestre do teu destino, capitão da tua viagem.

Há outros pontos no livro em que esta idéia é reforçada: “Ninguém pode sofrer perda a menos que seja por sua própria decisão. Ninguém pode sofrer dor, exceto que a sua própria escolha opte por esse estado. Ninguém pode ter aflição, nem medo, nem pensar que está doente, a menos que esses sejam os resultados que quer.”

Eu não sou vítima do mundo que vejo.

Se a culpa é do outro então o poder de modificar não está em minhas mãos.

Eu não sou vítima do mundo que vejo.

É o assumir o que está sentindo, e que se não está confortável, se queria que fosse diferente, perguntar ao pai por onde tem que andar.

Eu não sou vítima do mundo que vejo.

E como o nascimento não é o começo e a morte não é o fim, eu escolhi aquele “defeitinho”. É o assumir a responsabilidade ontem, hoje e sempre, não só durante a travessia.

Eu não sou vítima do mundo que vejo.

Lembrando sempre que muitas vezes é ali que deves estar, naquele momento, naquela hora é onde tens que andar e não tens consciência disso: “Pois todos não são se não aspectos do plano de mudar os teus sonhos de medo para sonhos felizes, dos quais facilmente despertas para o conhecimento. Não te encarregues disso, pois não podes distinguir entre progresso e retrocesso. Alguns dos teus maiores progressos julgaste como fracassos e alguns dos piores retrocessos avaliaste como sucesso. ( T-16.V.1:4-6)

Eu não sou vítima do mundo que vejo.

Muita luz, milagres e paz,

Julio


Eu entendo que este exercício pretende fazer com que
vejamos a Luz que está dentro da gente do lado de fora,
mas se Deus não criou o mundo, nem os mundos,
e o plano Divino não tem nada a ver com o pó...
realmente fica meio difícil dizer que Deus está em tudo que vemos...
estando dentro deste corpo e lidando com tanta violencia ao nosso redor...
Talvez este seja um dos exercícios mais difíceis de realizar,
para quem pratica o Curso em Milagres... parece contraditório...

Muita Luz e Milagres a Todos,
Lili

COMENTÁRIOS DO EXERCÍCIO 32.0 POR ENEIDE

O mundo que vejo é o resultado da lei de causa e efeito, ou seja , é como eu o percebo segundo o meu desejo.

O exercício de hoje é uma ferramenta para percebemos que os nossos mundos interiores e exteriores são os mesmos. "Ambos estão na própria imaginação."

PAZ PROFUNDA!

Eneide


 

 

©  2004 - Milagres