LIÇAO 6

LIÇÃO 6
Eu estou transtornado porque vejo algo que não existe.
Os exercícios com essa idéia são muito similares aos precedentes. Mais uma vez, para qualquer
aplicação da idéia, é necessário citar tanto o nome da forma do transtorno [raiva, medo, preocupação,
depressão, e assim por diante] quanto da fonte, tal como a percebes de modo bem específico. Por
exemplo:
Eu estou com raiva de ________ porque vejo algo que não existe.
Eu estou preocupado com ________ porque vejo algo que não existe.
É útil aplicar a idéia de hoje a qualquer coisa que pareça transtornar-te e ela pode ser usada com
proveito ao longo do dia para esse propósito. Todavia, os três ou quatro períodos de prática que são
requeridos devem ser precedidos, como antes, de uma investigação da tua mente de cerca de um
minuto, e idéia deve ser aplicada a cada pensamento que te transtorne e que seja descoberto na
investigação.
Mais uma vez, se resistes em aplicar a idéia a alguns pensamentos transtornadores mais do que
a outros, lembra-te dos dois avisos colocados na lição anterior:
Não há pequenos transtornos. Todos eles são igualmente
perturbadores para a paz da minha mente.
E:
Eu não posso guardar essa forma de transtorno e abandonar
as outras. Assim, para os propósitos destes exercícios,
vou considerá-las todas como a mesma.


 

 

  2004 - Milagres